Articles

ESTIMULAR A SEROTONINA 1

In Saúde on Maio 21, 2010 by Admin

Neurotransmissores serotonina, dopamina, noradrenalina

Querendo ou não, emoções como insegurança, medo e ansiedade fazem parte do nosso dia-a-dia e levam, silenciosamente, ao desequilíbrio bioquímico do Sistema Nervoso Central

Ofereça o que seu CORPO e seu CÉREBRO precisam e despreze o desnecessário.

São várias as pesquisas científicas que vem demonstrando a estreita relação entre o equilíbrio de nutrientes e as complexas reações cerebrais. Alguns alimentos fornecem nutrientes importantes que participam da produção dos neurotransmissores, mensageiros químicos que favorecem a comunicação entre as células do Sistema Nervoso. Três desses neurotransmissores estão diretamente relacionados ao humor: a serotonina, a dopamina e a noradrenalina.

A serotonina é uma substância sedativa e calmante. É também conhecida como a substância “mágica” que melhora o humor de um modo geral, principalmente em pessoas com depressão.

Já, a dopamina e a noradrenalina proporcionam energia e disposição.

Os níveis cerebrais de serotonina são dependentes da ingestão de alimentos fontes do aminoácido triptofano e de carboidratos.

A ingestão de carboidratos leva ao aumento nos níveis de insulina, que auxiliam na “limpeza” dos aminoácidos circulantes no sangue e facilitam a passagem do triptofano para o cérebro.

O triptofano, uma vez no cérebro, induz à produção de serotonina que reduz a sensação de dor, relaxa e até induz e melhora o sono.

Uma alimentação pobre em carboidratos, assim como uma alimentação com excesso de proteínas, por vários dias, pode levar a alterações de humor e depressão. O caminho é o equilíbrio!

Fontes de Triptofano: leite e iogurte desnatados, queijos brancos e magros, carnes magras, peixes, nozes, banana, arroz, batata, feijão, lentilha, castanhas, abacate, soja e derivados.

Fontes de Carboidratos: pães e cereais integrais, biscoitos integrais, massas integrais, arroz integral e selvagem, legumes, frutas e mel.

Referências bibliográficas:
1. CARPER, J. – Alimentos. O melhor remédio para a Boa Saúde. Rio de Janeiro: Ed. Campus. 14ª ed. 1995.
2. CARPER, J. – Seu cérebro milagroso. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2000.
3. MOLLER SE. Serotonin, carbohydrates, and atypical depression. Pharmacol Toxicol 1992;71 Suppl 1:61-71.
4. WURTMAN JJ. Carbohydrate cravings: a disorder of food intake and mood. Clin Neuropharmacol 1988;11 Suppl 1:S139-45.
5. WURTMAN RJ. Effects of their nutrient precursors on the synthesis and release of serotonin, the catecholamines, and acetylcholine: implications for behavioral disorders. Clin Neuropharmacol 1988;11 Suppl 1:S187-93.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: